Blog • 25, Out 2017

Embora muita gente pense o contrário, para fazer o projeto dos seus sonhos não basta saber o que se quer e transmitir para um construtor ou empreiteiro.

Poucos entendem os benefícios que a contratação de um bom projeto executivo trazem para o resultado de uma obra e sobretudo para o bolso de quem vai custe-la.

Um bom projeto, possibilita a elaboração de orçamentos bem amarrados, e contribui decisivamente para eliminar imprevistos tão comuns numa atividade que envolve um numero substancial de itens.

Quando se fala de um projeto de arquitetura, fala-se também de contratar os projetos complementares de cálculo e instalações prediais (água, esgoto, iluminação, telefonia, ar condicionado, etc.). Esta documentação além de orientar a perfeita execução do que foi planejado, serve para no futuro, possibilitar alterações, reparos e a correta manutenção do imóvel.

Para contratar um bom projeto, é preciso pesquisar a fundo a capacidade do profissional que se pretende escolher, e uma boa maneira de fazer isso é informar-se com antigos clientes, construtores e empreiteiros, que possam atestar a qualidade do profissional, o gabrito do seu trabalho e a sua pontualidade. Ao contrário do que se pensa, um projeto não se resume apenas a imagens bonitas e sedutoras.

Elas são valiosas para o entendimento do que se pretende fazer, mas mostram apenas como a obra deveria ficar, e não como se deve chegar até o resultado esperado.

Uma planta de demolir/construir, um layout bem estudado, plantas de paginação de pisos, iluminação, tetos e o maior numero de detalhes possível, são itens obrigatórios num projeto confiável.

Não se deve esquecer jamais de um memorial de especificações, com todas as informações de marcas e modelos do material a ser utilizado.

Uma planta executiva, que englobe todos os elementos estruturais e o caminhamento das instalações é a peça fundamental para que se tenha o controle sobre o que ira acontecer durante a execução dos serviços.

Preocupe-se em fazer constar tudo isso no contrato a ser firmado com o arquiteto, além de um cronograma de entrega dos desenhos que deve servir de base para a vinculação dos pagamentos das etapas.

Desconfiede quem lhe promete prazos impossíveis, lembre-se que até Deus precisou de tempo para fazer a criação.

Uma vez de posse deste valioso projeto, você terá elementos para mandar elaborar uma planilha descritiva dos serviços (que tal incluir isso nas obrigações do seu arquiteto?), e licitar sua obra com diversas empresas diferentes, sabendo que todas orçaram a mesma coisa, podendo então optar pelo melhor preço REAL. Lembre-se também ,que desta forma as indefinições e os imprevistos, maiores fontes de atrasos e aumentos de custo, praticamente desaparecem.

O ideal, é jamais começar uma obra sem perder (ou seria ganhar?) um bom tempo no seu planejamento, para o qual um projeto completo é indispensável.

Agora, você já pode avaliar se contratar um projeto de primeira linha representa uma despesa ou o melhor investimento que se pode fazer quando você decidir fazer a obra dos seus sonhos, evitando que ela se torne um grande pesadelo.

A CIAC esta capacitada a elaborar o seu projeto, ou a sugerir profissionais parceiros ,capacitados a atende-lo com muita técnica e profissionalismo.

Não hesite em nos procurar!